Mundo registra maior número diário de mortes por Covid em quase 9 meses - EDA Saúde

Skip links

Mundo registra maior número diário de mortes por Covid em quase 9 meses

O mundo registrou 14,3 mil mortes por Covid-19 na terça-feira (1º), o maior número de óbitos em um único dia desde 7 de maio de 2021, apontam dados do “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford.

Na ocasião, a Índia era devastada pela variante delta do novo coronavírus e o Brasil ainda sofria com a gama (também conhecida como P.1). Agora, quase nove meses depois, o mundo sente os efeitos da proliferação da variante ômicron, que é muito mais transmissível.

O número de novos casos já começam a indicar uma trajetória, mas as mortes continuam crescendo em quase todos os países. A média de novos infectados está em 3,13 milhões por dia, uma queda de quase 9% em relação ao recorde de 3,43 milhões registrados em 24 de janeiro.

Os 10 países com mais mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas são:

  1. Estados Unidos: 3.622
  2. Índia: 1.733
  3. Reino Unido: 1.123
  4. México: 829
  5. Brasil: 767
  6. Rússia: 649
  7. Itália: 427
  8. Espanha: 408
  9. França: 368
  10. Peru: 329

 

Variantes e vacinação

 

Menina recebe vacina contra a Covid-19 na cidade de Handan, no norte da China, em 27 de outubro de 2021 — Foto: AFP

Menina recebe vacina contra a Covid-19 na cidade de Handan, no norte da China, em 27 de outubro de 2021 — Foto: AFP

Apesar da alta no número de óbitos, o atual patamar (14,3 mil) ainda está abaixo do recorde de vítimas da pandemia (18 mil), registrado em 20 de janeiro de 2021.

O recorde foi atingido no auge da variante beta nos Estados Unidos e na Europa, durante o inverno no hemisfério norte, quando a vacinação contra a Covid-19 ainda engatinhava no mundo.

Com o avanço da imunização, o número de vítimas da pandemia não tem crescido na mesma proporção da explosão no número de infectados (veja na tabela abaixo).

 

A atual média de novos casos com a variante ômicron (3,13 milhões por dia) é mais que o triplo dos picos das ondas anteriores, em janeiro e abril de 2021 (827 mil). Na ocasião, o maior número de mortes registrado em um único dia foi 15,9 mil, em 29 de abril.

Vacinação x variantes

Estágio da pandemia Variantes Data Casos Mortes População imunizada
1ª onda coronavírus original abr.2020 119 mil 8,5 mil 0%
2ª onda beta e alfa jan.2021 892 mil 18 mil 0,07%
3ª onda delta e gama abr.2021 905 mil 15,9 mil 3,45%
4ª onda ômicron jan.2022 4,2 milhões 14,3 mil 52,84%